CCEP-FM

MUSICA

90,1 MHZ

CCEP-FM 

ESPORTE

90,1 MHZ

CCEP-FM

NOTICIAS

90,1 MHZ

CCEPONLINE

A RÁDIO QUE TOCA O SOM DO CÉU

                                                                                                                                                                        

Anunciantes

SincPlay
wGravBr
skyradios
Jornal da Manhã

Forças de Apoio Rápido atacam e ocupam mosteiro copta em Wad Madani

Membros das Forças de Apoio Rápido (RSF) atacaram um mosteiro cristão copta em Wad Madani, no estado de Gezira, no Sudão, no dia 16 de Dezembro, tendo-o posteriormente utilizado como base militar.

Fontes da CSW relatam que pelo menos cinco padres, cinco noviços (ou seja, padres em formação) e quatro trabalhadores estão desaparecidos desde que a RSF divulgou imagens de vídeo de milicianos assediando os residentes do mosteiro.

A RSF expandiu recentemente as suas operações militares no estado de Gezira, que actualmente alberga milhares de pessoas que foram deslocadas internamente pelo conflito em curso entre a RSF e as Forças Armadas Sudanesas (SAF). Tal como noutros estados ocupados pela RSF, houve relatos de graves violações dos direitos humanos, incluindo assassinatos de civis, ataques a hospitais e saques de casas.

O presidente fundador da CSW, Mervyn Thomas, disse: 'A CSW está altamente preocupada com o ataque ao mosteiro copta em Wad Madani e, particularmente, com o bem-estar daqueles cujo paradeiro permanece desconhecido. Apelamos a todas as partes em conflito para que concluam um cessar-fogo completo e abrangente e para que ponham termo imediatamente à escalada das violações dos direitos humanos, que podem constituir crimes de atrocidades. A comunidade internacional deve também tomar medidas extensivas para garantir que os responsáveis ​​por violações flagrantes contra cidadãos sudaneses, tanto durante este conflito como antes dele, sejam responsabilizados, e para penalizar qualquer nação ou entidade que esteja efectivamente a ajudar e a encorajar a prática da guerra. crimes e prolongando o sofrimento dos civis, financiando ou armando os beligerantes.'

Nota aos editores :

1. A RSF e a SAF estão em conflito desde 15 de Abril de 2023, quando a violência eclodiu quando as duas forças se fundiram em conformidade com um acordo-quadro apoiado internacionalmente sobre a transição para a democracia. Centenas de civis foram mortos e há numerosos relatos de violência sexual generalizada, saques, ocupação de casas e edifícios públicos, execuções sumárias, valas comuns e aldeias queimadas.

 

 

Semeador Apoie!

 

 

CONTA CORRENTE

 

 

NOSSA GRADE

05:00
Café com Notícia
Seg a sex

 

07:00
jornal da Manhã
Seg a Sab

 

08:00
Devocional
Seg a Sex

 

08:00
Sabbat Shalom
Sabado

 

10:30
Luiz Saião
Seg a Sex

 

10:30
Hist das Missões
Sabado

 

11:30
Alexandre Garcia
Seg a Sex

 

12:00
Rota 66
Sabado

 

13:00
Giro Noticia
Seg a Sex

 

14:00
Atraves da Biblia
Seg a Sex

 

15:00
Girando com
a noticia
Seg a Sex

 

16:30
Alexandre Garcia
Seg a Sex

 

17:00
Esporte News
Seg a Sex

 

18:00
Reporter Noticia
Seg a Sex

 

19:00
A voz do Brasil
Seg a Sex

 

20:00
Dociê kim Paim
Seg a Sex

 

20:00
Hist da Igreja
Sabado

 

22:00 
Coutry Gospel
Sabado

JM-Donwload

APP para androide

APP para windows

 

  APP WINDOWS

Visitantes

Temos 221 visitantes e Nenhum membro online

Contatos

CONTATOS

SKYPE: Pr.vilson.sales
CEL: 55+21-96548-8214

 

 

Porque amo Israel!!

Orai pela Paz de Yaushalaim
E propsperarão aqueles que te amam!

Alegrei-me quando me disseram:
Vamos à casa de YAUH.
Os nossos pés estão dentro das tuas portas,
Ó Yaushalaim.
Yaushalaim está edificada
Como uma cidade que é compacta.
Onde sobem as tribos, as tribos de YAUH
Até ao testemunho de Israel
Para darem graças ao nome de YAUH.
Pois ali estão os tronos do juízo
Os tronos da casa de Davi.
Orai pela paz de Jerusalém
Prosperarão aqueles que te amam.
Haja paz dentro de teus muros
E prosperidade dentro dos teus palácios.
Por causa dos meus irmãos e amigos
Direi: Paz esteja em ti.
Por causa da casa do YAUH nosso PAI
Buscarei o teu bem.
Salmos 122:1-9