www.cceponline.com.br

A RÁDIO QUE TOCA O SOM DO CÉU

Redes sociais

Programação

08:00:Devocional: programa religioso de 2º a 6º Apresentado pelo Pr.Vilson Sales

08:00:Kadosh: Todo Sadabo programa Religioso e variedades Apresentado pelo Pr.Vilson Sales

09:00:Ccepnews: Noticiario em Duas edições de 2º a 6º 1º Edição as 09:00H 2º Edição as 18:00 

11:30:Vida Melhor:: de 2º a 6º programa religioso gravado ma voz do Pr.Wilson Tinonin

22:00:Falando do amaor de Deus: as 2º, 4º,e 6º  programa de variedades, entrevistas etc..

 

Tempo

 

Crimes virtuais

Visitantes

Temos 81331 visitantes e Nenhum membro online

Avaplayer

O AVAplayer é um software de automação para rádios, que se encontra atualmente a funcionar em várias rádios portuguesas e estrangeiras.

Contatos

SKYPE: Pr.vilson.sales
TEL: 55+21-3707-7989 
CEL: 55+21-99062-6740 

sales@cceponline.com.br

 

 

Esposa do pastor Bahrom saiu do hospital e passa bem
Tajiquistão
Igrejas transformadas em “centros de esperança”
Síria
Igreja doméstica é fechada no Vietnã
Vietnã
Cristãos mantêm a fé em segredo para sobreviver
Coréia do norte
Igreja é acusada de espalhar mentiras
Malásia
Jovem é expulsa de casa por se converter a Jesus
Butão
Novos ataques de fulanis a cristãos atingem 14 aldeias
Nigéria
Perseguição a cristãos atinge também o Níger
Niger

Governo anuncia que pena de morte por blasfêmia não será revogada mesmo se vítima se arrepender. Na última sexta-feira, 17, a Mauritânia anunciou que o arrependimento não alterará a pena de morte por blasfêmia ou apostasia. O ministro da justiça, Brahim Ould Daddah, disse: “Todo muçulmano, seja homem ou mulher, que zombe ou insulte Maomé e seu anjos, livros etc, é passível de pena de morte, sem ser ordenado a se arrepender. Estarão sujeitos à pena de morte mesmo que se arrependam”.

O governo do país da África Ocidental disse em um comunicado que apresentaria um novo projeto de lei para “endurecer as penas para blasfemos”, segundo o site de notícias News24. A Constituição da Mauritânia afirma que o islamismo é a religião do povo e do estado, e quase toda a população é de muçulmanos sunitas. O pequeno número de não-muçulmanos é formado, em sua maioria, por cristãos estrangeiros. Muçulmanos que se convertem ao cristianismo enfrentam pressão da família por serem vistos como alguém que envergonha a tribo ou grupo étnico.

O anúncio do ministro da justiça seguiu-se a protestos populares de conservadores na semana passada. Eles protestavam contra a libertação, no dia 9 de novembro, de um blogueiro que havia recebido pena de morte por suposta blasfêmia. Cheikh Ould Mohamed Ould Mkheitir estava preso desde janeiro de 2014, quando uma apelação judicial reduziu a pena de morte para dois anos de prisão. Ele foi acusado por um artigo em que criticou “a justificativa religiosa para a discriminação na sociedade mauritana”.

Mkheitir escreveu, entre outras coisas, contra o mau tratamento da população negra, “resultando numa ordem social iníqua, com uma subclasse marginalizada e discriminada desde o nascimento”, como informa o News24. O país, onde a escravidão foi abolida em 1981, tem um grande contingente de ex-escravos, sendo que Mkheitir é um deles. No entanto, a escravidão ainda é praticada. Embora a Constituição garanta liberdade de expressão e pensamento, na prática isso não é uma garantia.

0
0
0
s2sdefault

Classificação

Estamos reabrindo  nossa lista de classificação de paises perigosos para o cristianismo de acordo com suas leis vigentes e aceitação por parte de seu povo e religião oficial  estamos atualizando  os links em breve você poderá acessar cada pais atravez dos links e saber um pouco mais sobre a situação atual de cada um seguindo a classificação. veja uma prévia aqui 

 

Aplicativo

Agora você já pode levar e ouvir a Radio ccep em qualquer lugar basta baixar e instalar em seu celular ou tablet  Androide nosso app está disponível na loja Google Play

Translate

Drogas



MSF Doe agora

 A Organização médicos sem fronteiras precisa de sua ajuda entre no site e faça seu cadastro seja um doador mantenedor dos medicos sem fronteiras. aqui

Link1 | Link2 | Link3

Copyright © 2017. All Rights Reserved. Rádio cceponline