www.cceponline.com.br

A RÁDIO QUE TOCA O SOM DO CÉU

Redes sociais

Programação

08:00:Devocional: programa religioso de 2º a 6º Apresentado pelo Pr.Vilson Sales

08:00:Devocional: Todo Sábado programa Religioso de oração e estudo da palavra apresentado pelo Pr.Vilson Sales

09:00:Ccepnews: Noticiario secular de 2º a 6º  gravado

11:00:Encontro Gospel:: de 2º a 6º programa religioso gravado

12:00:Notícias: Notíciario secular de 2º a 6º  Gravado

13:00:Minuto do Esporte: Esportivo de 2º a 6º Gravado

15:00:Virou Notícias: Notíciario secular de 2º a 6º Gravado

16:00:Esporte Total: Esportivo de 2º a 6º gravado

18:00:Gospel News: Notíciario Mundo Gospel Gravado

20:00: Notícias em Foco: Noticiario secular de 2º a 6º gravado

 

Tempo

 

Crimes virtuais

Visitantes

Temos 138 visitantes e Nenhum membro online

Avaplayer

O AVAplayer é um software de automação para rádios, que se encontra atualmente a funcionar em várias rádios portuguesas e estrangeiras.

Contatos

SKYPE: Pr.vilson.sales
CEL: 55+21-9684-22642

sales@cceponline.com.br

 

 

ASIA CENTRAL: Polícia invade treinamento bíblico para cristãos surdos
Asia Central
http://www.cceponline.com.br/index.php/10-igreja-perseguida/801-asia-central-policia-invade-treinamento-biblico-para-cristaos-surdos
VIETNÃ
INDIA: 5 cristãos foram atacados por vizinhos na Índia Central
India
VIETNÃ: Casa e estoque de arroz de cristão do Vietnã são queimados
Vetnã
NEPAL: A perseguição aos cristãos no Nepal
Nepal
TAJIQUISTÃO: Impedido de receber visitas na prisão, pastor precisa de orações
Tajiquistão
IRÃ: Crescimento que vem da palavra de Deus
Irã
VIETNÃ: É possível escolher a Cristo diante da pressão?
Vietnã
COREIA DO NORTE: Pontos de execuções na Coreia do Norte são divulgados
Coreia do norte
NIGER: Manifestantes incendiaram uma igreja no sul do Níger
Niger

Familiares desconfiam de policiais e afirmam que ele era religioso, rico e não estava sofrendo por nenhum motivo em especial Uma família egípcia responsabilizou a polícia de “torturar um cristão até a morte”. Gamal Kamal Aweida, de

41 anos, estava sob a custódia das autoridades policiais de Mansiyat Naser, no centro do Cairo. Ele morreu em uma das salas da delegacia, na quarta-feira, 19 de julho. Parentes disseram que seu corpo apresentava sinais de violência, mas a polícia insiste em dizer que o motivo da morte foi suicídio. A Anistia Internacional solicitou um relatório do caso.Familiares desconfiam de policiais e afirmam que ele era religioso, rico e não estava sofrendo por nenhum motivo em especial Uma família egípcia responsabilizou a polícia de “torturar um cristão até a morte”. Gamal Kamal Aweida, de 41 anos, estava sob a custódia das autoridades policiais de Mansiyat Naser, no centro do Cairo. Ele morreu em uma das salas da delegacia, na quarta-feira, 19 de julho. Parentes disseram que seu corpo apresentava sinais de violência, mas a polícia insiste em dizer que o motivo da morte foi suicídio. A Anistia Internacional solicitou um relatório do caso.
Gamal era casado, pai de gêmeos de 13 anos e foi acusado de “forjar licenças de condução”. Ele trabalhava como zabbaleen (nome dado aos coletores de lixo informais no Cairo, que normalmente são cristãos). Parte de suas atividades era coletar plásticos e caixas de papelão. Ele também ajudava alguns motoristas com o processo de renovação de licenças para os caminhões usados. O cristão foi preso durante a noite, enquanto estava em um café. “Eles procuraram Gamal e encontraram com ele duas carteiras de habilitação que pertenciam a Fares Samaan e Adel Saad. Os três foram levados para a delegacia para um interrogatório”, explicou o cunhado.
Segundo Samaan e Saad, um oficial tentou forçá-los a testemunhar que as licenças eram forjadas. Por se recusarem, eles apanharam dos policiais. Os amigos também disseram que o oficial estava “amaldiçoando Gamal e sua religião” e que depois o levaram para uma sala separada. Pela manhã, o avistaram deitado no chão, mas não sabiam se estava vivo ou morto. Um dos assistentes informou a família que o cristão havia se enforcado. “Gamal jamais faria isso, ele era religioso, era rico e não estava sofrendo por nenhum motivo em especial”, disse o irmão, Nabil Aweida, que fez uma queixa formal contra os funcionários da delegacia. 
Alguns familiares observaram a sala onde Gamal estava. “O local onde disseram que ele havia amarrado uma corda tinha uma distância de 1,5 metro do chão e meu primo era mais alto que isso. Não havia condições de alguém se enforcar ali. Além disso, aonde ele arrumaria uma corda?”, questionou um familiar. No necrotério, todos tiveram de entregar seus celulares. “Eles temiam que tirássemos fotos para mostrar à mídia”, disse outro parente que viu sinais de tortura em diferentes partes do corpo de Gamal. Relatórios médicos dizem que a causa da morte foi uma queda severa na pressão arterial. Há outros casos de morte de cristãos sob as mesmas condições. Segundo alguns grupos de direitos humanos, a brutalidade policial é generalizada no Egito e permitida por uma cultura de impunidade. Ore pela Igreja Perseguida nessa nação.

0
0
0
s2sdefault

Translate

Aplicativo

Agora você já pode levar e ouvir a Radio ccep em qualquer lugar basta baixar e instalar em seu celular ou tablet  Androide nosso app está disponível na loja Google Play

Drogas



MSF Doe agora

 A Organização médicos sem fronteiras precisa de sua ajuda entre no site e faça seu cadastro seja um doador mantenedor dos medicos sem fronteiras. aqui

Casa de Paz

Casa de Paz
Uma ferramenta de evangelismo Bíblica e eficaz.

Este projeto tem por objetivo executar uma estratégia desenvolvida com sucesso pela comunidade Cristã de Ribeirão preto e depois adotada por muitas igrejas no Brasil e no exterior. leia mais

Doações

Link1 | Link2 | Link3

Copyright © 2017. All Rights Reserved. Rádio cceponline